USP QUER PREPARAR PÓS-GRADUANDOS PARA A DOCÊNCIA

IMG-20160105-WA0002

USP quer preparar pós-graduandos para a docência

Jornal da Ciência – 28/06/2017

Benigna Maria de Freitas Villas Boas

A iniciativa da USP é positiva por ser uma oportunidade de formação dos professores universitários, praticamente inexistente. Além disso, amplia as possibilidades de formação dos docentes da educação básica, tão necessitada de ter suas práticas repensadas e devidamente fundamentadas.  Os cursos de pós-graduação em Educação constituem o espaço privilegiado para atividades desse tipo. No momento em que o Brasil está prestes a implantar a Base Nacional Comum Curricular as universidades têm o dever de dar sua contribuição.

Passo a transcrever a reportagem do Jornal da Ciência de 28/06/2017.

 

“Falta de discussão e de valorização da carreira docente dificulta a formação de professores universitários

A vocação docente está prevista como fim da pós-graduação desde o seu primeiro plano nacional, publicado em 1965. Mas, desde então, novas possibilidades de carreiras surgiram e tomaram o espaço da prática docente no mestrado e doutorado. É o que observa Carlos Gilberto Carlotti Jr., pró-reitor de Pós-Graduação da USP.

“Por isso, erroneamente questionam se o pós-graduando deve ter habilidades pedagógicas”, diz Carlotti. “Independentemente do seu ramo de atividade, o estudante deve ter uma formação didático-pedagógica, porque assim ele desenvolverá uma série de habilidades de raciocínio, contextualização e de apresentação de ideias.” Read more →

28
Jun 2017
AUTHOR Villas Boas
COMMENTS No Comments