PR: TESE SOBRE O PISA

PR: tese sobre o PISA

Publicado em 29/03/2016 por Luiz Carlos de Freitas no blog do Freitas

No dia de ontem (28-03-16) Gisele Adriana Maciel Pereira defendeu tese de doutorado com o título “O PISA como parâmetro de qualidade para as políticas educacionais no Brasil e na Espanha: pressupostos epistemológicos”, orientada por Rose Meri Trojan, da Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação.

O trabalho desvela as categorias envolvidas na montagem da avaliação internacional da OCDE, conhecida como Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – PISA – que inclui o embate entre os conceitos de igualdade e equidade; resiliência; auto-eficácia e individualismo – todas induzidas pelas políticas da OCDE.

Trata-se de significativa contribuição ao entendimento da política que orienta as reformas empresariais da educação.

 

30
Mar 2016
AUTHOR Villas Boas
CATEGORY

PISA

COMMENTS No Comments
TAGS

PISA: PESQUISADORES AO REDOR DO MUNDO REAGEM AO TESTE

PISA: pesquisadores ao redor do mundo reagem ao teste

Publicado em 13/05/2014 por Luiz Carlos de Freitas no Blog http://avaliacaoeducacional.com

Em carta ao Diretor do PISA da OCDE, publicada pelo The Guardian, mais de 80 pesquisadores ao redor do mundo expressam sua preocupação com o impacto dos testes do PISA nas redes de ensino. Entre eles o renomado estatístico britânico dos estudos multiníveis (HLM) Harvey Goldstein, a combativa americana Diane Ravitch, e os conhecidos Peter McLaren, Stephen J. Ball e Henry Giroux, para citar alguns. Veja lista completa abaixo.

Quanto mais será necessário para o Governo Dilma e o MEC entenderem que sua política de avaliação centrada em testes, conduzida pelo INEP, está equivocada?

Entre as razões para a preocupação os signatários incluem: Read more →

21
May 2014
AUTHOR Villas Boas
CATEGORY

PISA

COMMENTS No Comments

Notas mais altas para meninas

A publicação PISA in Focus, da OECD, de março de 2013 e acessada em 15/04/2013, informa a tendência de professores atribuírem notas mais altas a meninas e a estudantes economicamente favorecidos. Segundo o texto, as notas têm o propósito de informar os estudantes sobre o progresso de suas aprendizagens, alertar professores acerca das suas necessidades e certificar o grau de domínio das tarefas e competências exigidas pela escola.
Esse fato demonstra a necessidade de se desenvolverem pesquisas sobre o tema.